anp

Solenidade na ANP

O novo Secretário Nacional de Segurança Pública, Celso Perioli, esteve na Academia Nacional de Polícia na segunda-feira, 20, para o serviço de graduação do Curso de Capacitação do Departamento Penitenciário Nacional.

Novo SENASP participa da gravidade da ANP

O novo Secretário Nacional de Segurança Pública, Celso Perioli, esteve na Academia Nacional de Polícia na segunda-feira, 20 de junho, para a função de graduação do Curso de Capacitação do Departamento Penitenciário Nacional.

Recebeu o Diretor de Gestão de Pessoal, designar Luiz Pontel de Souza, eo Diretor da ANP, delegado José Rita Martins Lara. Da mesma forma esteve presente o Diretor Adjunto do Departamento Penitenciário Nacional, Valdirene Daufemback, e diferentes poderes que compõem o conselho de administração do DEPEN.

Ao todo, 438 suplentes se interessaram pelo Curso de Formação Profissional do Departamento Penitenciário Nacional, que é o segundo período do último exame aberto para as vocações do pessoal da prisão do governo, um mestre em ajuda à prisão e ajuda especializada com ajuda à prisão.

image

ANP visita escolas em Sobradinho e Planaltina

O Grupo de Prevenção ao Abuso de Drogas da Academia Nacional de Polícia (GPRED / ANP) mantém endereços dentro dos exercícios da Semana de Educação para a Vida criada pelas escolas do Distrito Federal. Em apenas duas escolas mais de 770 crianças foram para a apresentação sobre os perigos dos opiáceos.

GPRED / ANP visita escolas em Sobradinho e Planaltina

O Grupo de Prevenção ao Abuso de Drogas da Academia Nacional de Polícia (GPRED / ANP) mantém endereços dentro dos exercícios da Semana de Educação para a Vida criada pelas escolas do Distrito Federal. Em apenas duas escolas mais de 770 crianças foram à apresentação sobre os perigos dos opiáceos.

Na Escola Classe 06 de Planaltina, o grupo GPRED / ANP apresentou na quinta-feira, 12/5, endereços e gravações para 510 suplentes do primeiro ao quinto ano de turnos matutino e noturno. A importância do trabalho dos colegas foi reconhecida em correspondência enviada pelo Diretor da Escola

anp

Ministro da Justiça visita a ANP na abertura do Curso de Formação do DEPEN

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, esteve disponível na segunda-feira na Academia Nacional de Polícia, onde se interessou pelo curso inaugural do Curso de Formação Profissional (CFP), para aqueles afirmados no último desafio aberto do Departamento Nacional de Penitenciárias ).

Pastor da Justiça visita a ANP na abertura do Curso de Formação do DEPEN

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, se interessou na segunda-feira (11) da classe inaugural do Curso de Formação Profissional (CFP) para aqueles afirmaram no último desafio aberto do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), nas vocações De monitores de prisão do governo, Especialista em ajuda de prisão e ajuda especializada com ajuda de prisão.

Mais de 400 suplentes participaram da aula na Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília, que também foi dirigida pelo diretor-geral de Depen, Renato De Vitto, o Diretor de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, Luiz Pontel de Souza, entre Diferentes poderes.

Em suas boas-vindas às novas autoridades, o padre enfatizou a importância do curso, quando o governo está tentando reconstruir o benefício geral da população. Aragão analisou ainda a importância do trabalho do pessoal da prisão para assegurar os padrões essenciais do Estado Democrático de Direito, por exemplo, a segurança do respeito humano e cidadania.

“Para os novos trabalhadores, eu quero ser, acima de tudo, os assistentes para trazer de volta aqueles indivíduos que perderam a vida e que estão servindo o seu tempo hoje. O passado de um homem tem um lugar com ele, no entanto o futuro tem um lugar com Toda a sociedade “, disse ele.

Sobre CFP

Os membros da classe de instrução foram escolhidos na sociedade geral delicado de Depen há um ano, que matriculou mais de 52 mil adeptos. O desafio teve algumas fases: teste alvo, teste digressivo, exame físico, avaliação medicamentosa, avaliação mental, pesquisa social, domínio terapêutico (para candidatos que se anunciaram incapacitados) e confirmação de veracidade de auto-afirmação, foram para os indivíduos que certificaram Eles mesmos pretos ou castanhos.

Para entrar completamente na equipe de Depen, os suplentes devem ir para o Curso de Formação Profissional, que será nas últimas dez semanas e terá um perfil multidisciplinar.

O Chefe-Geral do Departamento Penitenciário Nacional, Renato De Vitto, esclarece que a PCP 2016 foi concebida para permitir aos novos servidores, tal como indicado pelas dificuldades impostas pela actual administração prisional.

“Hoje em dia, o carácter multifacetado da autorização criminal requer peritos com diferentes aptidões e é importante orientar a preparação de concentrações tanto para manter uma situação protegida como para a utilização de estratégias abertas de reinserção social, conforme previsto na Lei de Execução Penal. Do quadro prisional do governo, percebido por seus procedimentos aceitos na zona de máxima segurança, o interesse em preparar os servidores é o principal “, ressalta.

Após a aula de instrução, os novos servidores serão preenchidos no escritório domiciliário de Depen em Brasília ou em uma das cinco instalações de contenção do governo – Catanduvas (Paraná), Mossoró (Rio Grande do Norte), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Porto Velho (Rondônia) e Brasília (em desenvolvimento).